Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro

Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro

O setor supermercadista espera sempre ansiosamente o mês de Julho, não é à toa, neste mês é apresentado acredito eu a pesquisa mais importante para o setor, e você deve está se perguntando o porque da minha demora em escrever algo a respeito, no fim do artigo irei explicar. Prevenção de Perdas é realidade e não adianta tapar os olhos, pois se você não abriu amigo, muito em breve faltará folego para dá continuidade ao seu negocio.

 

A preocupação e empenho dos Varejistas, ABRAS e PROVAR gera esse belo trabalho que hoje está em sua 16° avaliação, alias pra você que está lendo este artigo e ainda não ouviu o podcast com o Marcos Manéa da ABRAS, você deve Ouvir Agora.

 

pesquisa_de_mercado_sliderA amostra entre estados nos deixa em uma posição delicada, precisamos participar mais ativamente da pesquisa, mesmo a região nordeste tendo 19,69% das lojas respondentes, o estado de PE está atrás de vários outros da nossa região como BA, CE, PB e até mesmo AL, SE e RN, claro que já tivemos um grande avança, visto que na 15º Avaliação nem fomos citados, por falta de respondentes, deixo aqui a dica para que mais empresas de nosso estado participem, esta pesquisa é fundamental para o nosso segmento e é totalmente sigilosa, ninguém saberá o resultado da sua empresa.

 

Outro ponto que não posso deixar de citar aqui é a importância da subordinação do departamento de prevenção de perdas, contrariando a minha expectativa que era do crescimento das empresas que tem área de prevenção subordinada a presidência, o que vimos foi uma queda significativa de 43,48% para 35,07% e para piorar mais ainda este cenário, vimos o aumento das empresas que tem área de prevenção subordinadas ao departamento de operações que foi de 25,22% para 33,18%, incrível este cenário. Em breve voltarei a falar sobre subordinação na área de prevenção de perdas, visto que temos muito para melhorar nesse cenário.

 

Salvo pelo índice final, tivemos uma boa notícia, o índice de perdas no segmento que era de 2,98% caiu para 2,26%, índice sob faturamento líquido, queda importante principalmente para o que vimos ano passado, iniciamos uma crise ainda não sanada e esperamos que os números da avaliação referente ao ano de 2016 que será apresentado no ano de 2017 seja ainda melhor.

 

Estou voltando a escrever, faz um bom tempo que não escrevo aqui no site, estou muito focado em criar vídeos e podcast, isso acaba tomando muito do tempo, até porque sou eu quem grava, edita, publica, divulga e atualiza tudo no site, mas duas vezes por semana me comprometo a escrever algo relevante para nosso departamento, então anotem ai, toda segunda e sexta às 08:00 tem artigo aqui no site, um abraço.

Related Posts

Facebook Comments