Dicas para um Natal Lucrativo

Dicas para um Natal Lucrativo

Finalmente estamos a dez dias do Natal, data mais importante para o varejo supermercadista. Natal é sinônimo de loja cheia, caixas com enormes filas, gerente recebendo dezenas ou centenas de reclamações por conta da demora no atendimento no balcão.

Temos dezenas de itens sazonais onde muitas vezes a oferta é menor que a demanda, isto muitas vezes frustra não só o consumidor mais também o varejista que mesmo se preparando seis meses antes encontra dificuldades. Produtos como Peru, Frangos Especiais, Pernil, Lombo, Tender, Frutas Secas, Panetones, uísque, champanhe, vinhos, espumantes, Queijos do Reino e outros, sempre na maioria são itens com um alto valor agregado.

Nestes dez dias até o dia de Natal, estaremos publicando um post por dia com duas dicas cada, para lhe ajudar. Nestas dicas não iremos falar sobre o recebimento e armazenamento dos produtos, até porque o momento agora é outro, temos que utilizar das ações focadas em piso de loja.

1° Dica – Faça inventário rotativo nos itens sazonais que tem alto índice de perdas, faça da seguinte forma:

• Determine os produtos que serão inventariados – Neste momento você deve escolher os itens que realmente tem relevância em suas perdas no Natal, pois se lembre de que estes itens poderão ser contados diariamente, isso faz com que a relação não tenha muitos itens, visto a operação;
• Determine a periodicidade – Passo fundamental é determinar quais itens serão contados diariamente, quais serão contados a cada dois dias ou mesmo duas ou três vezes por dia, saiba que tem item que você terá sim que contar mais de uma vez, espero que não seja necessário, mas já vi casos ao extremo que foi sim necessário;
• Determine o horário – É fundamental que você determine um horário onde possibilite o acompanhamento dos itens, lembre-se que o foco neste momento é vendas, você não poderá atrapalha-las.

A questão do inventário rotativo não só facilitará a identificação das perdas em um curto espaço de tempo e direcionando seus esforços. Eu tenho o inventário rotativo como um das principais ferramentas para identificar os furtos internos no período de Natal, visto que temos estoques altos, focos na operação da loja e muitas vezes colaboradores mal intencionados.

2° Dica – Utilize as etiquetas antifurto no balcão de perecíveis, sabemos que a troca de etiqueta é uma pratica comum em nossas lojas. Este tipo de etiqueta não é coisa de outro mundo e nem é tão cara o que facilita a sua utilização.

A única dificuldade desse tipo de etiqueta é que alguns scanners de código de barras não conseguem ler o mesmo com facilidade, no entanto caso isto ocorra o operador terá que digitar. No entanto acredito que as maiorias dos varejistas já utilizam de leitores mais atuais, portanto acho pouco provável que o seu leitor não consiga identificar o mesmo.
Esta etiqueta é picotada, com isso ao tentar retirar a etiqueta e coloca-la em outro item a mesma irá se rasgar toda e o furtante não conseguirá de maneira nenhuma coloca-la novamente.

Amanhã teremos mais dicas básicas para que tenhamos um natal lucrativo que é o objetivo de todo varejista.

Um abraço a todos!

Related Posts

Facebook Comments