O que mais gera Perdas na sua Organização

O que mais gera Perdas na sua Organização

Pergunta nada fácil de responder. Muito se fala sobre as praticas e os cases adotados por grandes organizações, no entanto esquecemos que devemos buscar em nossa própria empresa a resposta por isso eu sou totalmente a favor de contratação de consultores, pois quando não sabemos devemos descobrir de maneira realmente eficiente a resposta e nada melhor que realmente alguém que tenha experiências para fazer o mapeamento da sua empresa e assim encontrar as respostas.

No entanto sabemos que existem setores que são Ralos importantes e que devem ser bem fechados. Vou expor abaixo os principais, no entanto quero que você vá até o nosso grupo de discussões no Linkedin e respondam “O que mais gera Perdas na sua Organização?”. Este será nosso debate da semana.

Descarregamento segmento repleto de fraudes, onde existem máfias na formação de paletes, assim como nas caixas que estão lacradas mais com quantidades a menor do que o informado na caixa, mercadoria que não foi despachada e consta no romaneio e nota fiscal que foi, entre outros inúmero casos.

Hoje, atacadistas e também centros de distribuição já contam com auditoria 100% por parte da equipe de prevenção de perdas, digo mais conheço empresa que passar por duas auditorias, e que contratou uma empresa terceirizada para fazer a segunda auditoria. Este processo funciona da seguinte maneira, o responsável pela expedição separa a mercadoria solicitada, um profissional de prevenção de perdas confere a mercadoria com uma nota cega, daí outro profissional terceirizado vai até a doca e confere novamente com outra nota cega, tudo é computado e verificado se existe divergências, claro que nem todos os itens têm duas auditorias, mas é um bom controle principalmente nos produtos de alto risco.

Transporte de Mercadoria o processo de transporte de mercadorias esta sujeito a diversos tipos de perdas, que vai desde um desvio de mercadorias durante o transporte com auxilio ou não de funcionários que para o incrível que pareça já existem quadrilhas especializadas em roubos em nosso segmento varejista, a cerveja já virou item super visado, pela facilidade em roubar e mais ainda em vender.

É caminhões com fundo falso, teto falso, portas que podem ser retiradas sem nem retirar o lacre e não difícil encontrar casos quase que diariamente. Isso faz com que a prevenção foco boa parte de seus esforços junto à equipe logística, com sistemas de monitoramento e controle total da rota.

Conferência setor muito sujeito a fraudes, fraudes estas que nem sempre é realizada com conluio do conferente, muitas vezes existem desvios de mercadorias realizadas por entregadores que muitas vezes tem acesso as docas. Não podemos achar que apenas um bom conferente é o suficiente para um bom controle na conferencia.

Perdas no Transporte da Doca de recebimento para o estoque é a retirada dos produtos das docas e o transporte e o armazenamento dos produtos no estoque. Já tive muitas perdas neste setor, não só perdas de mercadorias, mas também perdas de produtividade. Acho que perda de produtividade nos corroí de tal maneira que achamos que a eficiência é não quebra mercadorias e acabamos nos esquecendo que a demora e o retrabalho também é uma perda altíssima e deve sim entrar na pauta de discussão.

Perdas no Transporte do Estoque para o Piso de Vendas outro processo muito falho a perdas parecidas com o transporte da doca de recebimento para o estoque. No entanto aqui eu sempre digo que o processo é muito mais complicado, porque quem transporta para a loja tem vital importância na pratica do PVPS, pois se não verifica data de validade tanto da loja como do estoque é difícil existir um controle nos prazos de vencimento da loja.

Estoque este é super complexo, tudo se reflete aqui desde as compras como a expedição de mercadorias. Tudo aqui deve ser acompanhado muito de perto, processos bem definidos no momento do armazenamento e na expedição devem ser os primeiros passos. Porém sem uma auditoria constante fica complicado o controle e a acuracidade do estoque, portanto inventários devem ser o segundo passo.

Piso de Vendas aqui é difícil controlar como eu mesmo já mencionei em artigos anteriores, o fato de ter terceiro no controle faz com que isto aconteça, é promotor que vem com as práticas que lhes foram passadas em sua empresa e que muitas vezes fragiliza o nosso controle. Sem falar que temos clientes que é um bem valioso, retirando produtos na parte de baixo dos lotes e derrubando alguns causando quebras, entre outros mais.

Neste caso o cliente é mais uma variável externa, portanto devemos fazer o possível para evitar exposições que facilitem as quebras ou mesmo a retirada de produtos sem respeitar o PVPS, no entanto o promotor e o repositor devem ser orientados com os processos e normas da empresa, sempre prezando o PVPS e o código de defesa do consumidor.

Frente de Loja este setor é um dos mais acompanhados seguido pelas comprar e pelo recebimento. Não é atoa, pois o numerário da empresa circula nele, então muitos processos são implantados nele, sem falar que a maioria dos investimentos realizados, está focada nele.

É sistema de integração e monitoramento para todo lado, são relatórios de BI que nos dão um benchmark dos mais diversos. Portanto é sim posto vital da prevenção de perdas.

Devoluções processo que não é fácil controlar, no entanto nada pode ser fácil, pois senão do que vale a nossa função dentro da organização. Quando eu falo de devolução falo sobre aquelas devoluções ocasionado por desistência de compra por parte dos clientes, ou seja, é aquele peixe ou iogurte que desistimos de levar e fica lá até ser devolvido, isto às vezes demora muito e acaba causando muitas perdas. Portanto tente mensurar suas perdas neste setor, lembre-se também que produtos que descongelam como peixes, por exemplo, não podem ser congelados e vendidos novamente, portanto descongelou não pode mais ser comercializado.

Trocas aqui sim é pior dos mundos para todo varejista, setor com muitas fraudes, por isso tem posto de prevenção de perdas e olhos sempre atentos a qualquer tipo de anormalidade. Portanto não deixe de ter um setor específico para trocas e com auditoria constante. Pois garanto que nem assim você estará totalmente seguro contra as fraudes. Por isso devemos sempre realizar chamada revisão de processos, verificar se existem falhas a fim de corrigi-las.

Estes são alguns dos principais setores no qual sempre me deparo com ralos de perda, no entanto quero que você participe da nossa discussão no Linkedin, vá até o nosso grupo e diga qual o setor que mais gera perda na sua empresa e nos explique por quê? Pessoal é importante que vocês participem desta discussão, pois a mesma pode nos direcionar a criar e melhorar nossos processos. Um forte abraço a todos!

Related Posts

Facebook Comments