Prevenção de Perdas na Bateria de Caixa

Prevenção de Perdas na Bateria de Caixa

Olá a todos,

Depois de um período sem Post por conta do período Junino onde temos uma atenção redobrada em nosso trabalho, estamos de volta e desta vez pra falar sobre o que se pode chamar de o Tema.

Resolvi mudar o nome do tema que no Post anterior se chamava Padronização na Frente de Loja, para o atual.

Já pensou na operação perfeito, onde todos os produtos entram e saem corretamente, sem nenhum tipo de divergência e sem subscaneamento. Realmente o erro ou mesmo a falta do registro correto de mercadorias no PDV é o pior dos mundos.

Sabemos que os maiores ralos na Bateria de Caixa é a falta de procedimentos bem definidos, este já é um assunto que debatemos muito visto a sua importância, no manual de procedimento teremos como deve ser feita abertura do caixa, como retirar uma leitura x, como deve ser feito o fechamento do caixa, como realizar a troca, como recepcionar o cliente entre outros procedimentos e claro não podemos esquecer-nos das responsabilidades de cada um.

Agora como conter um dos maiores problemas no PDV que é a troca de EAN/Códigos no momento do registro das mercadorias?

Quem nunca teve como exemplo um operador de caixa que no momento do registro das mercadorias viu dois tipos de biscoito onde tinha cinco unidades de morango e cinco de chocolate, ao registrar o mesmo registrou dez de chocolate só pra não ter o trabalho de registrar dois produtos e com o slogan É O MESMO PREÇO NÃO TEM PROBLEMA!

Vamos piorar um pouco a situação digamos que o operador de caixa registrou o exemplo acima, mas, no entanto o biscoito de morango é mais caro do que o de chocolate, o que é normal, pois nunca é o contrario tipo o produto mais barato ser registrado pelo mais caro, vejam o tamanho do problema.

Primeiramente nosso inventário automaticamente vai ter divergência, mas nem sempre a divergência de produto se reflete em perda financeira, pois no caso onde os itens tem o mesmo preço você não terá prejuízo, será?

Automaticamente se o produto esta em divergência ele vai ter que ser conferido duas vezes em um inventário, pois a primeira contagem não vai bater com o estoque do sistema ERP, portanto teremos um retrabalho visto que poderia ter sido evitado esse problema se o operador de caixa tivesse registrado corretamente o produto, esse retrabalho automaticamente faz com que o processo demore mais para ser finalizado, automaticamente a empresa irá pagar mais em horas extras, o que vai nos trazer prejuízo financeiro, veja só onde chagamos.

Mas, no entanto você deve está se perguntado por que me preocupar com um biscoito, no entanto quem trabalha com varejo onde existem no mínimo oito mil SKUs o numero de divergências pode ser absurdo quando não controlados.

Portanto qual deve ser o segundo passo a ser tomado no checkout após a padronização, você deve fazer reuniões e treinamentos, onde o operador de caixa deverá entender a sua importância, ele deve saber que o seu erro é irreparável. Com isso entender a sua importância, existem controles tecnológicos para itens de alto valor agregado, no entanto ainda não é difundida por conta do alto custo de implantação e manutenção.

Vamos voltar para o exemplo citado acima e entender que existem diversos fatores que fazem com que o operador de caixa não corrija a falha no caso em que ele registra a mercadoria mais cara pela mais barata:

  1. O cliente não reclama – com isso ele passa despercebido;
  2. Autobenefício – em casos onde existe conluio entre o operador e outros funcionários;
  3. Beneficiar parentes;
  4. Atingir metas – normalmente as empresas têm metas para cancelamentos de itens, quanto menor os cancelamentos e maior as vendas melhor a sua produtividade.

O que podemos entender com os casos acima clientes que tem caixas preferenciais podem ter algum motivo em especial, pode ser o atendimento que é ótimo ou ele deve esta sendo beneficiado, o autobenefício esta empreguinado no brasileiro que sempre quer tirar vantagem em tudo.

Desconfie dos caixas que tem muita venda e pouquíssimos cancelamentos, caixas com alta produtividade é ótimo até sabermos que existem anomalias e que ele está muito acima dos demais, portanto se você tem vinte operadores e apenas dois estão nesse desenho procure verificar as operações em seu PDVs através do próprio CFTV.

Faça inventários rotativos, ele vai lhe direcionar e fazer com que você entenda onde estão os ralos e foca seus esforços onde realmente sejam necessários.

Este assunto rende muito Post, portanto em breve continuaremos este assunto. Continuem enviando email, mandem suas dúvidas e sugestões e não se esqueçam de curti nossa Fan Page e nos seguir no Twitter, em breve terão um grupo no Skype.

 Um forte abraço!

Related Posts

Facebook Comments